672f8d3f43ee78f83b004c56932682a7 - Cópia

Ama-te #4 – Ele te ama (de verdade)?

“Se aquele cara não te ama agora, Ele então nunca, nunca te amará”

A serie Ama-te de hoje é mais específica: Não deixe a sua felicidade nas mãos do próximo, mesmo que esse próximo seja o amor da sua vida!

A ideia é a seguinte, É normal que quando nos apaixonamos por alguém a gente queira agradar e dedicar tudo o que faz à pessoa amada. Mas, porém, entretanto, como a gente pode dedicar a vida ao próximo? Como entregar a sua felicidade nas mãos de outra pessoa? Temos que cuidar das expectativas!

Até que ponto devemos deixar na mão do outro nossa felicidade? Claro que isso vai de cada um. O que eu considero demais, pode ser normal para alguém! Mudar o visual, o comportamento, o estilo de vida vale a pena para agradar o outro? Temos que pensar…

Acredito que em um relacionamento, sendo amoroso, amizade ou mesmo familiar, há limites com relação À ceder certas coisas. Mas de novo. Isso é pessoal. Para alguém pode ser normal mudar a cor de cabelo porque alguém disse que ficava melhor. Vai então de você saber se isso é construtivo para você, se faz sentido com a sua personalidade. O que não dá é abrir mão do seu ‘Eu’ por que o outro acha que de tal jeito é melhor.

Acho que existem algumas questões que devemos levar em consideração antes de fazer ou deixar de fazer algo por que alguém quer:

  • Você quer fazer isso?
  • Você tem dúvidas se você vai gostar?
  • Você acha que  pessoa só vai gostar de você se você fizer tal coisa?
  • Vale a pena o ‘esforço’?
  • A pessoa é construtiva na sua vida ou só critica?
  • Se a pessoa não me ama do jeito que sou hoje, ela algum dia vai amar?

Acredito que se as respostas tendem a satisfazer mais o outro, mas temos que olhar para dentro e analisar: “Quem eu sou?”. Caso contrário, você apenas será quem alguém quer que você seja. E a proposito, a pessoa te conheceu do seu jeito, então vale a pena mudar tanto? Vai te agregar algo positivo?

Agora vamos focar em você!

  • O que você quer para sua vida?
  • Que tipo de pensamento você quer que te cerque?
  • Quem você é?

Não é simples, eu mesma venho quebrando a cabeça para ‘ME entender, ME conhecer.. Não é simples. Mas vamos começar pelo o que não queremos?

  • Eu NÃO quero pessoas negativas por perto, então eu também não posso ser uma!
  • Eu QUERO ser uma pessoa melhor, então vou buscar as formas que posso conseguir isso.
  • NÃO quero que as pessoas decidam o que é melhor para mim, eu saberei decidir, mas críticas construtivas são bem-vindas!
  • Quem me cerca, se não agrega, não quero contato. Se eu puder ajudar a pessoa a melhorar também, ÓTIMO, caso contrário, beijo e NÃO me liga!
  • EU VOU ME AMAR MAIS! Muito mais a cada dia. Posso amar muuuuito alguém, mas preciso me amar mais. Temos que aprender isso!

O quer quero dizer então é que, as pessoas ao redor importam muito, ninguém vive sozinho (seria triste viver sozinho), mas ninguém vai viver sua vida.  Então, ame-se mais!

Não sei se me fiz entender, mas acho que é por aí… Se você gostou desse post, dá uma olhadinha nos outros da série AMA-TE.

Beijos e até breve!❤

2 thoughts on “Ama-te #4 – Ele te ama (de verdade)?

  1. Arwen says:

    Gostei muito do post.
    Acredito que amor começa em nós – só quando a gente se ama, se respeita, descobre que pode ser feliz sozinha, sem muletas que estamos preparadas para ser amadas. Afinal amor não é viver em função do outro, mas relação de parceria.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s